Insights by Kuatrus

Os sonhos ganham forma passo a passo

Para concretizar os sonhos dos nossos clientes, damos os passos que forem necessários. Mas, por regra, os projetos Kuatrus realizam-se em cinco. De forma resumida, a nossa metodologia de trabalho organiza-se em ouvir, planear, estudar, executar e surpreender. Mas, vamos por partes:

Ouvir 


Os sonhos manifestam-se sem data, hora ou lugar marcados. Como tal, estamos sempre prontos para um encontro com a imaginação dos nossos clientes. O primeiro contacto acontece normalmente por uma de três vias:


1. Referência de quem já nos conhece
Sermos recomendados por pessoas que já conhecem e experimentaram os nossos serviços é a forma mais frequente dos sonhos chegarem até nós e, também, a que mais nos orgulha.

2. Visita espontânea às lojas
As nossas lojas no Porto e em Lisboa convidam quem passa a entrar, ver de perto, sentir as texturas e a harmonia dos ambientes que ali reproduzimos. Quem entra nas nossas lojas, entra muitas vezes para sonhar. Nós estamos lá para materializar.

3. Eventos
Anualmente, participamos num bom número de eventos dedicados ao design e à decoração de interiores. Em permanência, na nossa agenda, temos a Capital do Móvel, que habitualmente decorre nos meses de abril e agosto, e a Intercasa na FIL. A estas feiras juntam-se depois outros certames que variam conforme a periodicidade.

 

Planear


Geralmente, o primeiro contacto define apenas um ponto de partida. É uma manifestação de vontades que nos apresenta as feições dos sonhos e expetativas do cliente. Raramente é suficiente para lançarmos mãos à obra. Por isso, fazemos questão de retomar o contacto e reunir para uma análise conjunta da planta e das fotografias existentes do espaço.
Mais do que uma formalidade, esta reunião de planeamento é uma etapa determinante do projeto, o momento em que apreendemos os objetivos e gostos pessoais, a personalidade própria de quem vai habitar ou interagir com o espaço. É neste momento que estreitamos laços, aprofundamos o conhecimento mútuo, fortalecemos a cumplicidade, enfim, detetamos as idiossincrasias essenciais que darão forma ao ambiente único que nos propomos criar.

 

Estudar


Só avançamos para a fase de estudo quando sentimos como nosso o sonho que nos foi contado, como um fruto da nossa própria imaginação que conseguimos traduzir só de memória.
Esta fase marca o início dos trabalhos internos e todos, na Kuatrus, são chamados a participar. Desde o mestre marceneiro aos designers, decoradores e arquitetos, cada qual possui no seu saber um contributo precioso para a definição das coordenadas certas do projeto, fundamentais para reduzir a margem de erro ao mínimo possível.
Através desta sinergia de perspetivas, procedemos à análise pormenorizada das imagens reais, comparando-as com as plantas disponíveis, para identificar os pontos fortes e as limitações do espaço. A partir daqui, definimos o tipo de intervenções que será necessário levar a cabo, com vista a tirar o máximo partido das qualidades espaciais e transformar as insuficiências em forças estéticas.

 

Executar


É na nossa unidade industrial, em Paredes, que os sonhos dos nossos clientes saem do papel para adquirirem forma concreta.
O processo começa com a seleção de texturas, cores, padrões e estilos das peças que vão dar corpo ao ambiente idealizado nas etapas anteriores. Trabalhamos exclusivamente com materiais nobres e conduzimos as nossas escolhas, não pela volatilidade das tendências, mas pela perenidade do que é sofisticado e está em harmonia com o elemento humano que vai ocupar o espaço.

 

Surpreender


Um projeto Kuatrus só fica concluído após a apresentação. Por isso, preparamo-la com o mesmo grau de exigência que aplicamos até aí.
Recorremos a tecnologias que são capazes de surpreender per se, mas o que verdadeiramente nos importa é surpreender cada cliente com uma interpretação fiel do sonho que partilharam connosco. A perfeição pode ser um mito, mas há em cada um de nós uma aptidão para reconhecê-la quando vemos o que imaginamos dela. É esta perfeição individual, esta sensação de plenitude, que procuramos transmitir e verificar sempre que apresentamos um projeto Kuatrus a um cliente.

Agora, que já sabe como se forma um projeto Kuatrus, deixamos-lhe uma pergunta: qual é o seu sonho?